Thursday, July 26, 2007

O CÉU QUE NOS PROTEGE

Foto: Marcelo min

O céu que nos protegeSérgio Vaz


O homem chega no céu e vai logo ter uma conversa com São Pedro. Acertar detalhes da admissão.O santo lhe recebe já com quatro pedras na mão:
“ Aí, Já vou logo te dizendo, se tu não tiver indicação, vai ter que fazer os testes.
O homem não teve nem tempo de pensar em uma resposta que amenizasse aquele encontro curto e ríspido. De bate pronto respondeu:
“Quem me mandou aqui foi o Antônio”
“ Rapá, quem é este Antônio, é lá do Borel?”, antes que eu me esqueça, Pedro era carioca. Zé povinho meio assustado e com um medo danado de dizer as coisas erradas no momento certo - quem procura emprego sabe que uma das maiores dificuldades de arrumar emprego é a entrevista. Mas como o padrinho era forte, encheu o pulmão e disse: “Não senhor, é da Bahia. O senhor sabe onde fica Salvador?”.
O pior é que Pedro sabia onde ficava Salvador. Terra de poetas e escritores importantes. Povo lutador. Palco de grandes levantes contra a Casa-grande. Nelson Maka, Gil, Caetano,Gal... Em compensação, terra do Grupo “É O TCHAN”. Ao se lembrar do nome do grupo o santo fez o sinal da cruz.
Sim, pedro sabia onde ficava Salvador e também já sabia quem era o tal de Antônio. Não era o primeiro afilhado que chegava com a mesma indicação
“Pode entrar sangue bom, tem um lugar pra você aqui também”, já carimbando a passagem para a vida eterna. Zé povinho ficou muito feliz, e pensou como foi bom ter passado uma vida inteira fazendo parte do curral de Antônio. Santo Homem!
Adentrando ao recinto perguntou ao chefe do RH divino: “Seu Antônio está aqui também?”.
Com um olhar irônico Pedro respondeu: “Ô nêgo véio, o Lugar de Toninho não é aqui não, por aqui só ficam as pessoas que ele indica. Só as pessoas que acreditam em gente como ele”. Zé encheu o peito de orgulho e pensou : ” Deve tá lá com o supremo... Se bobear fica até no lugar dele”, e riu baixinho enquanto caminhava.
Quando já estava atravessando o pátio que dava para a vida eterna o santo lhe fez a última pergunta: “ Zé, só uma curiosidade minha. Aqui diz que tu se despediu de lá às 18hs30 e agora são 19hs, como que tu chegou aqui tão rápido?”.
“Vim de avião...”, respondeu.
Pedro ficou espantado como uma pessoa simples como Zé pudesse andar de avião, com os preços das passagens.... Mas antes que o santo lhe perguntasse como, zé terminou de responder:
“... Antônio foi quem deu a passagem”.
Novamente o santo fez o sinal da cruz.

3 comments:

vital said...

aí vaz, muito foda!
"o ceú que nos protege" até pra entrar no céu tem que ter indicação,rsrsr capitalismo filha da puta!

escrevo tbm num blog depois dá uma passada lá: http://www.menindigus.blogspot.com/
um abraço, mano

Anonymous said...

Adorei!
Um abraço. Cidinha.

Peu Pereira said...

porra muito boa. esse estilo vai ficar. tem linguagem própria. se ta ligado que eu acompanho seu blog e essa é tipo falar outra lingua... "a lingua fala". sua cronicas são muito boas e características. e vc um cabeção! juntar toinho malvadeza e tam! fico ensiasmado com essas coisas... seu blog é muito bom!
to chhegando no bar mais tarde...